Conclusão do Curso de Gestão da Qualidade de Desminagem Humanitária para Militares do Brasil

O Grupo Interamericano de Assessoria Técnica na Colômbia (GATI-CO) tem a missão de treinar militares em Operações de Desminagem Humanitária, de acordo com a necessidade do Comando Geral das Forças Militares (CGFM). Com esse objetivo, no período de 16 de março a 17 de abril de 2020, o Grupo realizou o primeiro Curso de Gestão da Qualidade da Desminagem Humanitária para militares brasileiros, membros da Missão de Instrutores e Assessores em Desminagem Humanitária (MIADH), que trabalham nos Batalhões de Desminagem Humanitária da Brigada de Desminagem Humanitária (BRDEH) e no Centro Internacional de Desminagem (CIDES). Esse curso foi fruto de um acordo entre os Ministérios da Defesa da Colômbia e do Brasil. Assim, 12 militares foram treinados, sendo: 10 militares do Exército Brasileiro (08 oficiais e 02 suboficiais) e 02 militares do Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil (02 suboficiais). Devido à pandemia de COVID-19, o Curso de Gerenciamento da Qualidade de Desminagem Humanitária foi alterado para aulas virtuais, com a autorização do Escritório do Alto Comissário para a Paz (OACP) – Autoridade Nacional sobre Assuntos de Desminagem Humanitário, e contou com o apoio das instruções da Decontamina Colombia / OACP, BRDEH e do Programa de Ação da OEA contra Minas Antipessoal (AICMA-CO). A conclusão do curso permitiu a acreditação das Forças Armadas do Brasil pela Autoridade Nacional, a fim de realizar esse importante trabalho na Colômbia. Desde 2015, quando iniciou suas atividades no país, até hoje, o GATI-CO treinou 185 pessoas das Forças Militares da Colômbia, da Autoridade Nacional de Desminagem Humanitária e das Forças Armadas brasileiras, com 14 cursos realizados, sendo: 13 Monitores Nacionais para Cursos de Desminagem Humanitária e 01 Curso de Gestão da Qualidade para Desminagem Humanitária.

Fotos